Notícias

ENTREVISTA – Nelson Fayad – Secretário de Administração

ENTREVISTA – Nelson Fayad  – Secretário de Administração
agosto 11
12:48 2017

O que solicitou o prefeito Adib Elias ao governador Marconi Perillo?
O governador foi muito receptivo ao pedido do município administrar o Ginásio Internacional e o Itego Labibe Faiad. O prefeito também solicitou a área da Agetop, local que poderá ser construído um novo Centro Administrativo.

O que mais?
O governador agradou da sugestão do prefeito Adib Elias de fazer um Arco Viário ligando a GO-330 a BR-050. A elaboração do projeto está sendo licitada e vamos entregar nas mãos do governador. Se não tiver areia no caminho essa obra poderá ser realizada e os dois inaugurarão conjuntamente.

Como está a recuperação das lâmpadas queimadas na cidade?
Trabalho constante, dia e noite. Estamos comprando mais dois caminhões com elevatórias para auxiliar nesse serviço.

E os outros setores?
Estamos comprando caminhão Munk para auxiliar na Zona Rural, caminhão para pintura de ruas, caminhões para o setor de Iluminação, veículos para a prefeitura (saúde).

E o asfalto?
Há três tipos de ações: a tapa-buracos, a recuperação com Lama Asfáltica, com Polímero, e o Asfalto Novo, tipo CBUQ como das rodovias. Cada local, dependendo da necessidade, é feita um tipo de serviço.

Qual o valor que será investido?
Serão R$ 20 milhões em asfalto, de qualidade.
A prefeitura tem esse dinheiro?
Tem sim e está separado em uma conta. Todo recurso do IPTU o prefeito deposita em uma conta e não mexe nele, nem para pagamento da folha dos funcionários.

E a Canalização do Pirapitinga?
Tudo o que tinha que fazer foi efetuado. Fizemos o projeto com toda documentação e o prefeito já foi inúmeras vezes à Brasília. Nessa última audiência com o presidente Temer, acompanhado do deputado Daniel Vilela, o prefeito disse que só falta a liberação do recurso.

O que mais?
O prefeito pediu essa canalização e a liberação de 500 casas tipo I da CEF para pessoas carentes.

Cita-se muito o desmando administrativo anterior. É isso mesmo?
Não olhamos no retrovisor, olhamos para o para brisa. Mesmo assim não há como esquecer as dívidas da administração anterior, onde todos os dias na prefeitura recebo pedidos de quitação de fornecedores, de prestadores de serviços. Isso sem levar em conta a péssima situação estrutural que pegamos, com a cidade cheia de buracos, escura, com os prédios em péssimo estado, folha de pagamento atrasado e outras. Hoje parece que a prefeitura tem 500 processos na Justiça de cobradores.

O prefeito vai pagar essas dívidas do mandato anterior?
Nós não podemos pagar, senão o prefeito ruim vai ser o Adib. As dívidas chegam a cerca de R$ 150 milhões.

Compartilhar

Sobre o Autor

Hugo César

Hugo César

Artigos Relacionados

0 Comentários

Ainda não há comentários!

Não há comentários no momento, você quer adicionar um novo?

Escrever um Comentário

Escrever um Comentário

O seu endereço de email não será publicado.
Campos obrigatórios são marcados *

1 + 17 =